Receba livros com amor e carinho, em Portugal e em toda a Europa. | Receive books with love and care, from Portugal to all Europe.
  Blog

Faz de conta que sou livreiro por Teresa Figueiredo

Escrito em 03 de Set. de 2020

Faz de conta que sou livreiro por Teresa Figueiredo

Fui livreira por um dia!

Um sol radioso aqueceu ainda mais o meu dia na livraria Faz de Conto, em Coimbra.

Fui recebida pelas queridas Sofia e Cátia, no espaço super acolhedor da livraria. Conversa puxa conversa e em pouco tempo já me sentia no meu mundo.

Passei grande parte do dia a ver e a ler livros e a conversar. Fiquei a conhecer um pouco do percurso da Sofia e da história da livraria. E percebemos que temos vários interesses em comum.

Tive a oportunidade de escolher alguns livros, para a mesa central, sobre um tema que me diz muito, a diversidade. E fiz também montagens temáticas pelas prateleiras das livrarias. Adorei conhecer alguns dos livros selecionados e aprender dicas sobre como compor as exposições. Ajudei também a colocar preços e a organizar livros.

livros diversidade faz de conto livraria

Almoçámos na esplanada da Proteína. Boa comida, atendimento simpático e ótima companhia. Foi ao almoço que recebi um saco personalizado, com uns miminhos da livraria. Adorei!

A visita à exposição “Bichos de pata articulada” no Exploratório foi muito interessante e por vezes, horripilante (há bichos com os quais não tenho muita empatia). Recomendo a visita, pois ficamos a conhecer mais sobre estas pequenas criaturas com as quais vivemos no planeta Terra.

exposição exploratório bichos de pata articulada

Ao final do dia abri duas caixas de encomendas e vi as novidades que tinham chegado.

Aprendi a decorar os sacos de papel da Faz de Conta, o que foi muito divertido. Acabei por decorar o meu próprio saco, pois não resisti e trouxe alguns livros.

faz de conta que sou livreiro faz de conto livraria

Aproveitei o dia para explorar livros novos, logo a pensar no seu potencial num momento de contação de histórias ou na terapia da fala. Gostei particularmente dos livros “O rebanho”, “A última paragem”, “The Wall” e “A árvore”.

Podia voltar todos os dias. A porta está aberta e espero em breve regressar. Há muitas ideias a borbulhar.

Obrigada Sofia e Cátia.

Teresa Figueiredo

03 de setembro de 2020


×